Natal, capital do Estado do Rio Grande do Norte, foi fundada em 1599 às margens do Rio Potengi. Com uma área de 170,298 km², e população de 817.590 habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estáticas (IBGE), de 2012, é conhecida por suas belezas naturais, lindas praias, dunas, lagoas e coqueiros.

É também conhecida como Cidade do Sol, porque o sol brilha durante o ano todo e só descansa nos períodos de chuva entre março e julho. Além dessas vantagens, Natal é considerada a cidade que possui o ar mais puro da América do Sul el possui um dos mais belos litorais do Brasil, que se estende por mais de 400 Kms e um povo hospitaleiro que recebe os visitantes de braços abertos.
FONTE: Prefeitura do Natal.

Região Administrativa Norte (Zona Norte de Natal)

Região Administrativa Norte, conhecida pela população como Zona Norte, é uma das quatro zonas administrativas da cidade do Natal no estado do Rio Grande do Norte e a maior, tanto em extensão territorial, quanto em população. Foi criada por meio da Lei Ordinária nº 03878/89 e atualmente se constitui de sete bairros: Igapó, Salinas, Potengi, Nossa Senhora da Apresentação, Lagoa Azul, Pajuçara e Redinha.

Esta região tem limites bem definidos já que se encontra separada do restante da cidade pelo Rio Potengi ao norte deste, sendo que o seu principal acesso se dá por duas pontes: Igapó e mais recentemente pela Newton Navarro. Limita-se ao Norte e Oeste com o município de Extremoz, ao Sul com o Rio Potengi e a leste com esse rio e o Oceano Atlântico.

É atualmente a região que mais cresce na cidade, por anos esquecida, esta zona está sofrendo um intenso crescimento econômico. Possui um cenário imobiliário quase que totalmente horizontal, além de inúmeras áreas livres, permitindo uma melhor qualidade de vida à população. Lá, 99,13% das pessoas vivem em casas, e apenas 0,71% em apartamentos.
FONTE: Wikipedia.